Skatista maranhense Rayssa Leal, a Fadinha, faz história e é prata no skate street nas Olimpíadas

Skatista maranhense Rayssa Leal, a Fadinha, faz história e é prata no skate street nas Olimpíadas

Maranhense de 13 anos faz grande prova e é superada apenas por japonesa da mesma idade, Momiji Nishiya. Funa Nakayama completa o primeiro pódio olímpico do street feminino.

Enquanto toda a arquibancada se calava no Complexo Ariake, Rayssa Leal dançava.

Ao lado da amiga Margielyn Didal, das Filipinas, parecia não se importar com o que acontecia à volta mesmo antes da manobra poderia definir seu futuro. Ali, o circuito montado em Tóquio não se mostrou assim tão diferente da pista de Imperatriz, no Maranhão.

Ao ignorar qualquer pressão, a menina de 13 anos fez história: conquistou prata e garantiu a segunda medalha para o skate street nas Olimpíadas de Tóquio. 

Vídeo. Homenagem da NIke à Fadinha, Rayssa Leal.

Compartilhar:

Deixe um comentário