Secretário de Comunicação do Estado, Ricardo Capelli, faz análise incoerente da popularidade do deputado federal Josimar Maranhãozinho

Secretário de Comunicação do Estado, Ricardo Capelli, faz análise incoerente da popularidade do deputado federal Josimar Maranhãozinho

Com qual respaldo Ricardo Capelli faz análise do nível de popularidade do deputado Josimar Maranhãozinho? Sabemos que nesse jogo eleitoral o surgimento de comentários é inevitável. No entanto, o mínimo que se espera é que seja uma opinião de alguém digno de crédito e merecimento, o que não é o caso do secretário de comunicação do estado.

Seu histórico no ramo político não é dos melhores. Afinal, faz parte de um grupo repleto de descredibilidade. Como uma marionete, Capelli é obrigado a blindar tanto o atual, quanto o ex-governador a cerca das críticas da imprensa, e por consequência, acaba se tornando um profissional sem liberdade, que faz de tudo para defender os interesses daqueles que ele apoia.

Para quem almejava pegar voo às custas do deputado, muito nos surpreende essa afronta por parte do secretário, pois todos sabem que até mesmo Brandão esperava ter o parlamentar como aliado. Esse ataque ao congressista apenas enaltece a preocupação de Capelli em torno de seu governador, visto que sua pré-candidatura tem uma grande repercussão negativa e é um fiasco antes mesmo de começar.

Usando a frase do próprio secretário que diz que “a política ama traição, mas execra traidores”. Nós ousamos dizer que ele se refere a si próprio e a sua corja, pois Ricardo Capelli é um péssimo exemplo de profissional, visto que para defender seus amigos, destratou jornalistas, blogueiros e demais comunicadores do Maranhão, uma vez que contratou pessoas de fora para trabalhar com ele, ao invés de valorizar os grandes profissionais de competência do estado.

Essa é a voz que está querendo descredibilizar Josimar Maranhãozinho? Enquanto Capelli tenta desconstruir algo que tem anos de história, o deputado cresce ainda mais, reforçando seu trabalho e provando na prática que suas ações influenciam de forma positiva ou negativa qualquer lado da moeda.

O poder do parlamentar é tão grande que muitos blogues, sites e mídias o colocam como o fiel da balança. Ou seja, aquele que tem o poder decisório nas eleições de 2022. Você ainda tem dúvidas em quem acreditar? De um lado, temos um secretário manipulado e desesperado em defender ser seu atual e ex-governador. Do outro temos um representante político de grande influência e transparência que cumpre o que diz sem cair em descrédito com ninguém.

Em sua candidatura ao congresso nacional, Josimar foi o deputado mais bem votado no Maranhão. Mediante tantas evidências, nem é preciso esperar outubro chegar para saber quem o povo apoia.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.