São Luís amanhece sem ônibus do transporte público nas ruas nesta terça-feira (29)

São Luís amanhece sem ônibus do transporte público nas ruas nesta terça-feira (29)

São Luís mais uma vez amanhece sem ônibus coletivos nas ruas nesta terça-feira (29). A totalidade da frota está paralisada e a culpa, sem dúvida nenhuma é do prefeito Eduardo Braide (sem partido) que não possui habilidade para encerar a greve dos rodoviários que já dura 40 dias e é uma das maiores dos últimos anos.

No mês de fevereiro, os rodoviários tinham parado 100%, porém, a Justiça determinou a prisão de membros do sindicato, fazendo a categoria recusar e colocar 60% da frota nas ruas. De lá, pra cá, a greve nunca acabou.

Aumentou a passagem 

Antes disso, na véspera de carnaval, no dia 25 de fevereiro, o prefeito anunciou o aumento das passagens de ônibus para o transporte público. Com o reajuste, a tarifa das linhas de ônibus não integradas que custava R$ 3,20 passaram a custar R$ 3,40, já o preço das linhas e integradas subiu de R$ 3,70 para R$ 3,90.

Perdeu o comando do partido 

E o calvário do prefeito não para por ai. Nesta segunda-feira (28), como publicado com exclusividade pelo Blog do Domingos Costa, ele perdeu o comando do Podemos para o deputado estadual Fábio Macedo que é o novo presidente do partido no Maranhão. Assim que tomou conhecimento que tinha sido defenestrado do partido, o gestor da capital usou as redes socais para anunciar sua desfiliação da legenda.

Derrotado na eleição da Câmara

Somando a greve geral dos Rodoviários pela segunda vez em 40 dias, o aumento de passagem e a perda do controle do partido Podemos, o prefeito Braide contabilizou mais uma derrota no dia de ontem (28). O vereador Paulo Victor foi aclamado pelos vereadores e deverá ser eleito na próxima segunda-feira (4) presidente da Câmara contra a vontade do prefeito de São Luís. A derrota é considerada pela classe política falta de habilidade descomunal do prefeito.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.