Promotoria pede afastamento da prefeita de Santa Luzia do Tide, França do Macaquinho por ato de improbidade administrativa

Promotoria pede afastamento da prefeita de Santa Luzia do Tide, França do Macaquinho por ato de improbidade administrativa

O Promotor de Justiça da Comarca de Santa Luzia/MA, Leonardo Santana Modesto protocolou nesta quarta-feira (03), às 17:19 da tarde ação por ato de improbidade administrativa a atual prefeita da cidade, Francilene Paixão de Queirós, ou França do Macaquinho como assim também é conhecida.

Para quem acompanhou, nestas últimas semanas temos apresentado a população notícias que apontam que a prefeita fez uso irregular das verbas do cofre do Instituto de Previdência dos Servidores de Santa Luzia (IPRESAL). Foram mais de 50 milhões de reais gastos sem prestação de contas. A representante municipal até tentou fugir da responsabilidade influenciando vereadores a aprovarem projeto de lei que possibilitaria o parcelamento e renegociação de dívidas públicas.

Com o silêncio de Francilene e do presidente do IPRESAL Francisco José Figueiredo de Almeida Silva, o Ministério Público do Maranhão recebeu esta ação que solicita o afastamento da prefeita por desviar mais de R$ 64 milhões de reais do IPRESAL. Na tentativa de driblar a situação, o senhor Saul Coelho apresentou as guias de repasses realizados em 2017-2020 com diversos documentos duplicados, onde é possível observar um repasse menor das contribuições previdenciárias assim como ausência de repasse patronal.

Veja documentos abaixo. 

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.