Mulher é esfaqueada até à morte em live no Facebook

Mulher é esfaqueada até à morte em live no Facebook

O horripilante assassinato de uma mulher da Louisiana, nos Estados Unidos, foi transmitido em uma live no Facebook por mais de 15 minutos, de acordo com a polícia, citada pelo Independent.

Janice David, de 34 anos, foi amarrada ao volante do carro onde estava com cabos antes de ser esfaqueada até à morte, dizem as autoridades.

O porta-voz da polícia Sgt L’Jean McKneely disse que o homem acusado do assassinato, Earl Lee Johnson, tentou então incendiar o veículo.

O advogado relatou que alguém que viu a live no Facebook contatou um meio de comunicação social, que, por sua vez, alertou a Polícia do Estado da Louisiana.

A polícia foi avisada tarde demais para salvar a vida da mulher, mas efetuaram uma detenção nesta terça-feira (19) de manhã. Johnson, de 35 anos, está sendo acusado de homicídio que, segundo as autoridades, ocorreu depois de ele e a vítima terem consumido drogas durante um período de três a quatro dias.
Segundo o sargento McKneely, Johnson foi detido pela polícia depois de supostamente ter roubado um carro.

Estava sob custódia quando a Polícia do Estado da Louisiana notificou a polícia local do assassinato, que teria ocorrido em outro veículo roubado.

O sargento McKneely disse que o Johnson admitiu à polícia ter matado a vítima.
“O resultado final – como todos viram no Facebook Live – é um ato muito macabro”, disse o sargento McKneely.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.