Bolsonaro: ‘Quanto mais pobre o estado, mais gordo o governador’

Bolsonaro: ‘Quanto mais pobre o estado, mais gordo o governador’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer críticas a governadores, nesta terça-feira (3), durante entrevista à TV Piauí. Um de seus alvos mais recorrentes é o governador do Maranhão, Flávio Dino, que recentemente deixou o PCdoB para se filiar ao PSB.

Bolsonaro ironizou o líder maranhense após ser questionado sobre uma suposta “apropriação” que os governadores estavam fazendo sobre a aquisição de Alguns governadores parecem usar deste artifício (se apropriar da compra de vacinas).

O do Maranhão… Você pode ver: Quanto mais pobre é o estado, mais gordo é o governador. Por coincidência é uma realidade lá. Ele faz um jingle. Agora, o dinheiro é federal. O meu governo é quem distribui. Agora ele diz lá: ‘eu estou vacinando’.

Não vou entrar nessa briga aí não. Aos poucos a população vai entendendo – afirmou o presidente.
Ainda em maio deste ano, durante visita a ao Maranhão, Bolsonaro também associou o peso de Dino com um suposto viés ditatorial de sua linha ideológica. Na época, ele chamou Dino de “gordinho ditador”.

Lá na Coreia do Sul [do Norte, na verdade] tem uma ditadura, o ditador não é um gordinho? Na Venezuela, também tem uma ditadura, não é um gordinho lá o ditador? E quem é o gordinho ditador aqui do Maranhão? – provocou o presidente.

Ainda em maio também, durante uma live nas redes sociais, ele se referiu a Dino como “comunista gordo”.

Compartilhar:

Deixe um comentário